fbpx
(x) melhores práticas ao cuidar de idoso acamado

(x) melhores práticas ao cuidar de idoso acamado

O envelhecimento gera diversas mudanças e fragilidades na vida das pessoas, principalmente nos aspectos físicos e psicológicos, podendo fazer com que elas não consigam mais se cuidar sozinhas e se tornem dependentes de familiares e profissionais qualificados. Nesse momento, saber como lidar com o idoso acamado é fundamental para propiciar o bem-estar ideal nesse tipo de situação.

Cuidar de uma pessoa idosa não é fácil e, quando esta se encontra acamada, é ainda mais desafiador, já que uma série de cuidados especiais são necessários para assegurar uma velhice com maior qualidade de vida. Pensando nisso, elaboramos este post para mostrar os 6 principais cuidados que devem ser aplicados aos idosos nessa condição. Confira!

1. Higiene

É muito importante estar atendo à higiene ao cuidar e idoso acamado, já que normalmente ele precisa usar fraldas geriátricas. Nesse caso, é preciso trocá-las no prazo adequado e limpar a pele sempre que preciso, evitando assim a irritação na região.

Os cuidados higiênicos não se restringem apenas às trocas de fraldas e banhos diários. Além disso, é preciso pentear e escovar os cabelos, cortar as unhas, fazer a barba (se for homem), trocar as roupas de cama, entre outros. No caso de feridas, é necessário estar atendo às áreas atingidas para evitar a contaminação por bactérias , o que pode provocar infecções.

2. Alimentação adequada

As refeições da pessoa acamada devem ser adaptadas conforme os problemas de saúde existentes, para isso, o ideal é contar com a orientação do médico especialista. Muitos desses pacientes consegue mastigar os alimentos sozinhos, precisando somente de ajuda para levá-los a boca.

Caso a pessoa faça o uso de sonda, será preciso ter alguns cuidados especiais. Se o idoso tiver dificuldade para ingerir os alimentos, a consistência da alimentação precisa ser adaptada, demandando pratos mais pastosos.

3. Mudança de decúbito

O idoso não pode ficar na mesma posição na cama o dia inteiro. Diante disso, é necessário fazer a mudança de decúbito de 2 em 2 horas. Faça essa troca com calma, busque movimentar os membros inferiores e superiores do idoso.

Você também pode usar travesseiro como suporte para a perna ficar apoiada. Esses cuidados são essenciais para evitar problemas de circulação.

4. Fisioterapia

Exercícios de fisioterapia é uma ótima ideia para movimentar as articulações, estimular a contração muscular e circulação sanguínea, além de evitar o aparecimento de escaras.

É imprescindível procurar um profissional para solicitar indicações de quais exercícios podem ser realizados, como abrir e fechar as mãos, dobrar e esticar lentamente as pernas, entre outros.

5. Tratamento de escaras

Se os cuidados de prevenção às escaras forem realizados da forma correta, a tendência é que elas diminuam. Contudo, ao depender da gravidade das lesões, é recomendado o uso de medicamentos e curativos especiais.

Lembrando que os remédios devem ser prescritos pelo médico e os curativos mais complexos precisam ser feitos por um profissional capacitado.

6. Lazer

Além de todos os cuidados já expostos, é necessário promover atividades que propiciem bem-estar à mente e distraia a pessoa que precisa ficar o tempo todo na cama. Entre as atividades que podem ser desenvolvidas estão a leitura de um livro, realização de trabalhos artesanais como crochê e tricô, visitas de pessoas queridas, entre outros.

Agora que você entende melhor como cuidar de idoso acamado e todas as particularidades que isso envolve, é importante entender que cuidar de alguém nessas condições gera um desgaste físico e psicológico grande.

Caso não esteja preparado para essa situação, o ideal é contar com o auxílio de um bom cuidador, ou seja, um profissional qualificado, que ficará responsável por realizar as atividades e acompanhar o paciente todo o tempo, dando o suporte necessário na promoção de mais saúde, bem-estar e qualidade de vida do idoso acamado.

Gostou deste conteúdo? Aproveite sua visita para ler “Descubra quais são as funções do cuidados domiciliar” e saiba mais sobre o assunto!



× Como podemos te ajudar?