fbpx

Alimentação para idosos: saiba como fazer uma dieta equilibrada

Se preocupar em oferecer uma boa alimentação para idosos é essencial para a prevenção de várias doenças, como diabetes, hipertensão, câncer, osteoporose, entre outros. Se alimentar bem é um cuidado que deve ser tomado por pessoas de todas as idades, tendo em vista que os alimentos são os grandes responsáveis por assegurar uma boa qualidade de vida e, na terceira idade, essa atenção tem que ser redobrada.

Quer saber quais são os alimentos e nutrientes indispensáveis para garantir uma dieta balanceada e saudável ao idoso? Então, continue a leitura e confira as informações!

Ferro

Trata-se de um componente importante para a produção da hemoglobina, que é um tipo de proteína que fornece energia para o organismo. Baixos índices dessa proteína pode provocar a anemia, não somente em idosos, como em pessoas de todas as idades. Entre os alimentos ricos em ferro estão: feijão, gema de ovo, carnes em geral e verduras verde-escuras.

Cálcio

A osteoporose está entre as principais doenças que surgem com o avanço da idade Por este motivo, ingerir alimentos rico em cálcio é importante para manter os ossos fortes e evitar que esse problema ocorra. Tal mineral pode ser encontrado no leite e seus derivados, além da quinoa, cereais e oleaginosas como o amendoim, nozes e castanhas.

Ômega 3

A lista estaria incompleta se não mencionássemos o Ômega 3. Trata-se de um nutriente que estimula o recebimento e envio dos sinais elétricos ao cérebro, propiciando a prevenção de doenças degenerativas como Parkinson e mal de Alzheimer. Entre os alimentos nos quais essa substância pode ser encontrada estão: salmão, chia, atum, linhaça, óleo de peixe, etc.

Zinco

O zinco é importante para fortalecer o sistema imunológico por causa de sua poderosa ação antioxidante. Entre outras funções, ele é capaz de reduzir o envelhecimento das células, bem como, prevenir enfermidades. Pode ser encontrado nos peixes, arroz integral, carne vermelha e frutas secas.

Potássio

O potássio contribui para a minimização do sódio no corpo, diminuindo a incidência de derrame e hipertensão arterial. Também é importante para combater a prisão de ventre. Esse nutriente pode ser obtido por meio do abacate, banana, iogurte, soja, feijão e ameixa.

Vitamina D

A vitamina D é primordial para a absorção do cálcio e, também, para o bom funcionamento do metabolismo. Pelo fato da sua produção diminuir na terceira idade, é importante ingeri-la através de alimentos como: frutos do mar, fígado, cevada, gema de ovo, leite etc. Contudo, é importante ter cuidado com o consumo excessivo da vitamina D, tendo em vista que o seu excesso por provocar constipação intestinal ou cálculos renais.

Vitaminas do Complexo B

As vitaminas B1, B6, B1 e ácido fólico devem estar presentes na alimentação para idosos por gerarem uma série de benefícios, como proteção dos tecidos nervosos contra a oxidação, melhora do funcionamento do cérebro e aumento da imunidade. Podem ser encontradas nos seguintes alimentos: sementes de girassol, banana, fígado, salmão e gérmen de trigo.

Água

Uma boa hidratação é fundamental para o funcionamento adequado do intestino e manter a pele, unha e cabelos saudáveis. Por isso, o ideal e sempre manter uma garrafa de água perto do idoso e evitar refrigerantes.

Conseguiu entender a importante de manter uma boa alimentação para idosos? Caso ele apresente perda de apetite, averigue se a textura dos alimentos está apropriada para a sua ingestão. Se o sintoma persistir, o ideal é marcar uma consulta com o médico especialista para avaliar as possíveis causas.

Este conteúdo foi interessante para você? Então, aproveite sua visita para ler “Entenda a importância de identificar a diabetes em idosos” e saiba mais sobre o assunto que também tem a ver com a alimentação na terceira idade!



× Como podemos te ajudar?